Desastres

Provavelmente os líderes dos partidos e possíveis governantes deste país acham que têm boas razões para violar as regras mais elementares do Código da Estrada. E também é natural que quem provocou os acidentes de trânsito que mataram 1.188 pessoas o ano passado em Portugal achasse que tinha boas razões para conduzir de forma assassina. A segurança na estrada é um dos problemas mais graves deste país. O comportamento dos nossos políticos, neste aspecto, é pura e simplesmente imperdoável. 
In 24horas, 10 de Fevereiro de 2005

Sem comentários:

Enviar um comentário